Catedral de Maringá

A atual Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Glória, de Maringá, foi concluída em 1972 e transformou-se em um símbolo da Cidade.

A primeira igreja na área urbana de Maringá foi a Capela Santa Cruz, construída em 1945/6. O primeiro templo, que abrigaria a futura Catedral, foi construído em madeira, entre 1948 e 1950. Sofreu reformas e ampliações até 1957.

 A Diocese de Maringá foi criada em 1º de fevereiro de 1956, pela Bula Latissimas partire Ecclesias, do papa Pio XII. Foi desmembrada da Diocese de Jacarezinho. A ordenação do primeiro Bispo (Dom Jaime Luiz Coelho) ocorreu em 20 de janeiro de 1957 e a instalação canônica da Diocese ocorreu em 24 de março seguinte.

A nova Catedral começou a ser construída em 1958, junto com o Seminário Menor Diocesano Nossa Senhora da Glória. Foi concluída após 14 anos, em maio de 1972, e foi consagrada em 3 de maio de 1981. Em 21 de janeiro de 1982, recebeu o título de Catedral Basílica Menor.

Em 1997, Dom Murilo Krieger tomou posse como Bispo da Arquidiocese de Maringá. Ficou no cargo até 2002 e tornou-se o Arcebispo Primaz do Brasil, na Bahia, em 2011. Em 2004, Dom Anuar Battisti tomou posse como Bispo da Arquidiocese de Maringá.

 

Catedral

 

 

 

Paraná

Maringá

 

Mapa Maringá

 

Arquitetura

 

 

Antigo templo

 

Arquitetura em forma de cone com 114 metros de altura, mais 10 m da cruz no topo, e diâmetro da base de 50 m. Possui uma única nave. É decorada com 16 vitrais montados em concreto (foto em 2002).

 

Interior da Catedral (2002)

 

Catedral de Maringá

 

Catedral de Maringá

 

O antigo templo da Catedral ao lado do novo, em construção.

 

 

Paraná

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Arquitetura e templos religiosos paranaenses.

 

 

 

 

 

 

 

Divulgação